11 de MARÇO DE 2022

Entidades avaliam Fimec 2022 como a feira da retomada do cluster calçadista

Evento aconteceu na tarde desta quinta-feira (10), último dia de Fimec


Na tarde desta quinta-feira (10), ocorreu a coletiva de imprensa de balanço final da 45ª Fimec (Feira Internacional de Couros, Produtos Químicos, Componentes, Máquinas e Equipamentos para Calçados e Curtumes). O evento reuniu entidades parceiras, autoridades e patrocinadores para uma avaliação desta edição da maior feira do setor na América Latina. Para o diretor-presidente da Fenac, Marcio Jung, o saldo desta edição foi positivo. “Foi uma Fimec pujante e com qualidade, que reuniu visitantes com capacidade de tomada de decisão”, destacou. “Esta é a Fimec mais surpreendente de todos os tempos, tanto para expositores quanto visitantes da cadeia do calçado na América Latina”, relatou Jung. Para 2023, a expectativa é de uma feira ainda maior. “Diversos expositores já estão em contato para a próxima edição”, complementou.

 

Também esteve presente na ocasião a Secretária Municipal de Desenvolvimento Econômico, Paraskevi Bessa-Rodrigues, representando a prefeita municipal Fátima Daudt. Para ela, a Fimec pode ser reconhecida pela sua grandeza mesmo neste período. “Estamos demonstrando como a união pode trazer grandes resultados! A cidade está agradecida, pois a Fimec beneficia a comunidade”, declarou. O empenho e esforço da equipe da Fenac foi destacado por Marlos Schmidt, presidente do conselho de administração da Fenac. “Com a capacidade da Fenac em realizar este evento com todo empenho e esforço o resultado não poderia ser diferente. Mesmo com a ansiedade pré-feira, estamos muito felizes! Parabéns Márcio e equipe pelo trabalho realizado!”, parabenizou.

 

O presidente da Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal), Gerson Luis Berwanger, também enalteceu o trabalho da Fenac e falou sobre os negócios do Projeto Comprador, iniciativa By Brasil Components, Machinery and Chemicals, programa de apoio às exportações do setor desenvolvido pela Assintecal em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil). “Foram US$ 2,5 milhões de negócios fechados na feira. Trouxemos compradores de fora e ainda existem mais US$ 5 milhões que serão fechados posteriormente, totalizando US$ 7,5 milhões em negócios concretizados”, assinalou.

 

A assertividade em realizar a Fimec neste período foi destacada por Diogo Carlos Leuck, presidente da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Novo Hamburgo, Campo Bom e Estância Velha (ACI-NH/CB/EV). “Foi isso que ouvimos dos nossos associados, que estão felizes com os estandes cheios e muitos negócios fechados”, explicou. Ele ainda destacou a relevância do 4º Fórum Fimec, evento com palestras e debate que ocorreu no segundo dia de feira. “Foi maravilhoso, com palestras internacionais e com grandes nomes do setor”, enalteceu.

 

O sentimento de satisfação também foi relatado por André Nodari, presidente da Associação brasileira das Indústrias de Máquinas e Equipamentos (Abrameq). “Mesmo com menos expositores, a Fimec excedeu as expectativas. A feira estava com movimentação qualificada, estandes cheios e negócios sendo fechados na hora”, destacou. O presidente executivo da Associação das Indústrias de Curtume do Rio Grande do Sul (AICSul), Moacir Berger de Souza, parabenizou a Fenac pela realização da feira, destacando que Fimec marcou uma retomada. “Passaram nestes corredores mais de 80% da produção nacional do couro. Expositores corajosos em participar. Somos a primeira feira presencial a iniciar e nosso setor sentiu saudades de momentos como este”, pontuou.

 

A oportunidade do cluster de encontrar soluções do mercado foi um dos destaques apontado por Paulo Griebeler, presidente executivo do Instituto Brasileiro de Tecnologia do Couro, Calçado e Artefatos (IBTeC). “Sobre a Fimec 2022 gostaria de destacar três palavras: reencontro, retomada e oportunidades”, definiu. Griebeler ainda enfatizou que a Fimec teve suas expectativas amplamente superadas. “Gostaria de agradecer a Fenac por trabalhar o eixo latino-americano. Nosso estande estava cheio!”, comemorou. Sobre o Estúdio Fimec e Fábrica Conceito, o presidente executivo assinalou que foram grandes sucessos. “Ampliamos o espaço do Estúdio com aparelhos de alta tecnologia. Gratidão a todos os parceiros que fizeram a Fábrica Conceito acontecer. Foi uma grande retomada!”, avaliou Griebeler, que ainda falou sobre a importância do momento atual do setor calçadista. “Estamos vivendo uma oportunidade única do calçado brasileiro voltar a se destacar no cenário mundial”, contextualizou.

 

O diretor executivo da Associação Brasileira dos Químicos e Técnicos da Indústria do Couro (ABQTIC), Etevaldo Zilli, também destacou que a Fimec deste ano marcou uma retomada. “Eu acredito que este é um recomeço que mostra a pujança do setor e o desenvolvimento que o país terá neste ano”, pontuou. Já o gerente do Sebrae RS nos Vales dos Sinos, Caí e Paranhana, Marco Aurélio Copetti, reafirmou o compromisso do Sebrae em investir na cadeia coureiro-calçadista. “Acreditamos que a Fimec deste ano está gerando um marco histórico na retomada dos negócios calçadistas. A feira está sendo muito importante para as micros e pequenas empresas associadas”, avaliou.

 

Representando Luís José Coelho, da Coelho Assessoria Empresaria, pelo Estúdio Fimec, Christian Thomas ressaltou que a Fenac colocou a Fimec deste ano em seu lugar de protagonismo. “O Fórum Fimec contou com presenças internacionais muito importantes, enquanto o Estúdio Fimec trouxe a sustentabilidade e digitalização”, assinalou. Já para José Fernando Bello, presidente-executivo do Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB), a feira foi acima das expectativas. “Parabenizo a Fenac pela coragem em se comprometer em fazer a Fimec deste ano e também os expositores que vieram nesta feira com visitantes qualificados”, comentou.

 

Entre os patrocinadores desta edição, a experiência também foi positiva. Helga Wysocki, Sales & Market Operations COVESTRO LATAM falou sobre a presença da marca, que já renovou sua participação como expositora e patrocinadora para 2023. “Nós estamos muito contentes em sermos patrocinadores e apresentarmos nossas soluções. Tivemos visitas e reuniões muito produtivas”, contou. A Sicredi Pioneira também agradeceu a oportunidade. “Nós, como instituição financeira, apoiamos o mercado calçadista e acreditamos no ecossistema deste setor”, destacou Carlos Bruno da Silva, assessor de negócios internacionais da empresa. Já para a Transduarte, a parceria com o setor e a Fimec é de extrema importância. “Nossa expectativa era alta e a resposta veio. As empresas que não vieram com certeza irão participar da próxima edição”, avaliou o diretor comercial da empresa, Otávio Joner.

 

A edição de 2023: A 46ª Fimec (Feira Internacional de Couros, Produtos Químicos, Componentes, Máquinas e Equipamentos para Calçados e Curtumes) está marcada para os dias 07 a 09 de março das 13 às 20 horas, nos pavilhões da Fenac, em Novo Hamburgo (RS).

 

Sobre a 45ª Fimec: foi uma realização da FENAC S/A e conta com patrocínio da Covestro, Sicredi Pioneira e Transduarte. A feira ainda tem apoio da Abicalçados, Abiacav, Abqtic, Abrameq, ACI-NH/CB/EV, Aicsul, Assintecal, CICB, Fiergs, IBTeC e Sebrae/RS. A feira aconteceu de 08 a 10 de março, na Fenac, em Novo Hamburgo. Mais informações: acesse www.fimec.com.br e acompanhe nas redes sociais @feirafimec.

 


COMPARTILHAR:
OUTRAS NOTÍCIAS
Vet 360 promove conhecimento com profissionais renomados na Feipet
De 29 a 31 de maio, feira profissional apresenta três dias de palestras e seminários
Sulserve aponta retomada dos setores de Padaria, Gastronomia e Hotelaria
Feira profissional aconteceu na Fenac e comprovou otimismo do mercado
Sulserve traz conteúdo gratuito para capacitar profissionais do setor
Feira de Padaria, Gastronomia e Hotelaria segue até quinta-feira (12), na Fenac, em Novo Hamburgo
Sulserve inicia em clima de retomada para os setores de Padaria, Gastronomia e Hotelaria
Feira profissional acontece até quinta-feira (12), na Fenac, em Novo Hamburgo
Sulserve inicia na próxima terça-feira (10) em Novo Hamburgo
Feira profissional dos setores de Padaria, Gastronomia e Hotelaria acontece até 12 de maio, na Fenac
Arenas do Conhecimento da Sulserve proporcionam conhecimento e networking para o setor através de atividades gratuitas
Feira profissional acontece em clima de retomada para o setor, nos pavilhões da Fenac em Novo Hamburgo
NEWSLETTER

As experiências que
acontecem na Fenac, agora,
na sua caixa de e-mail.

Cadastre seu e-mail e conecte-se com a gente.