Fimec 10 de MARÇO DE 2022

Fimec confirma retomada do setor coureiro-calçadista

Durante três dias, maior feira do cluster na América Latina foi marcada por otimismo e bons negócios


 

Durante três dias, a 45ª Fimec (Feira Internacional de Couros, Produtos Químicos, Componentes, Máquinas e Equipamentos para Calçados e Curtumes) reuniu o cluster coureiro-calçadista para apresentar lançamentos de produtos, tecnologias e serviços, na Fenac, em Novo Hamburgo/RS. O evento, que encerrou nesta quinta-feira (10), proporcionou o ambiente ideal para networking, prospecção e fechamento de negócios ao público qualificado que compareceu.

 

Para o diretor-presidente da Fenac, o saldo desta edição foi positivo. “Foi uma Fimec pujante e com qualidade, que reuniu visitantes com capacidade de tomada de decisão”, destacou. “Esta é a Fimec mais surpreendente de todos os tempos, tanto para expositores quanto visitantes da cadeia do calçado na América Latina”, relatou Jung. Para 2023, a expectativa é de uma feira ainda maior. “Diversos expositores já estão em contato para a próxima edição”, complementou.

 

Expositores satisfeitos com bons negócios

A Fimec 2022 reuniu cerca de 280 expositores que apresentaram novidades em couros, produtos químicos, componentes, máquinas, equipamentos e tecnologias para calçados e curtumes. Entre os expositores, a perspectiva foi de retomada do otimismo no setor.

 

Para a Quimicolla, a participação foi positiva. “Nossa expectativa em visitação e geração de negócios foi totalmente superada. Estamos muito felizes com os resultados. A projeção para o próximo ano é ter um de estande que chame ainda mais a atenção do público na feira”, afirmou Vinicius Amaral, Marketing da Quimicolla, explicando que a empresa já renovou sua participação para a Fimec 2023. “Nosso principal objetivo com a participação em feiras é a presença de marca, por isso a direção da Quimicolla ficou surpresa com o fechamento de negócios durante a Fimec, que foi 100% além do esperado”, reforçando que além dos negócios fechados a empresa tem diversas prospecções e contatos em andamento para o pós-feira.

 

Para Nelise Gasperini, gerente comercial da Tecnomaq, o fechamento de negócios durante a edição também surpreendeu. “A feira em si nos surpreendeu muito positivamente. Não esperávamos tanta visitação nem a quantidade de pedidos que fechamos, já que o normal das feiras, principalmente para o segmento de máquinas, é uma venda mais demorada. Neste ano, muitos aproveitaram a Fimec para já fechar pedidos”, comemorou. Ao falar sobre o cenário atual do setor coureiro-calçadista. “O Brasil por si só passa por uma transformação no segmento do calçado e é um momento muito próspero nesse sentido para a indústria calçadista brasileira”, explicou Nelise.

 

Visitantes otimistas

Um dos destaques desta edição da Fimec foi a presença de público qualificado, incluindo 96 compradores internacionais. Para Juan Blanc, empresário colombiano, esta foi a primeira participação na feira. “Conheci a Fimec na Colômbia e sabia que era a feira mais importante da América Latina e agora que estou aqui esta imagem se concretizou”, destacou. Blanc ainda apontou que voltará para a Colômbia com excelentes compras e o desejo de retornar no próximo ano. “Conheci processos e máquinas que não fazia ideia que existiam e vi de perto elas funcionando na Fábrica Conceito”, relatou. “Comprei uma máquina que ajuda na qualidade do trabalho dos nossos funcionários, além de outros insumos para produzir sapatos para mulheres e crianças, que é o nosso foco”, complementou Blanc.

 

Outra visitando deste último dia foi Jaqueline Moraes, analista na Arezzo&Co, a feira apresentou novidades. “Achamos bem interessante pela quantidade de novidades e expositores presentes. Já encontramos diversos produtos e serviços que estávamos procurando”, explicou Jaqueline, afirmando que a feira é fundamental para que seja possível ver o produto pessoalmente. Ela ainda opinou sobre a realidade do cluster. “O setor está mais evoluído, está crescendo e se reerguendo pós-pandemia”, apontou.

 

A edição de 2023: A 46ª Fimec (Feira Internacional de Couros, Produtos Químicos, Componentes, Máquinas e Equipamentos para Calçados e Curtumes) está marcada para os dias 07 a 09 de março das 13 às 20 horas, nos pavilhões da Fenac, em Novo Hamburgo (RS).

 

Sobre a 45ª Fimec: foi uma realização da FENAC S/A e conta com patrocínio da Covestro, Sicredi Pioneira e Transduarte. A feira ainda tem apoio da Abicalçados, Abiacav, Abqtic, Abrameq, ACI-NH/CB/EV, Aicsul, Assintecal, CICB, Fiergs, IBTeC e Sebrae/RS. A feira aconteceu de 08 a 10 de março, na Fenac, em Novo Hamburgo. Mais informações: acesse www.fimec.com.br e acompanhe nas redes sociais @feirafimec.


COMPARTILHAR:
OUTRAS NOTÍCIAS
Vet 360 promove conhecimento com profissionais renomados na Feipet
De 29 a 31 de maio, feira profissional apresenta três dias de palestras e seminários
Sulserve aponta retomada dos setores de Padaria, Gastronomia e Hotelaria
Feira profissional aconteceu na Fenac e comprovou otimismo do mercado
Sulserve traz conteúdo gratuito para capacitar profissionais do setor
Feira de Padaria, Gastronomia e Hotelaria segue até quinta-feira (12), na Fenac, em Novo Hamburgo
Sulserve inicia em clima de retomada para os setores de Padaria, Gastronomia e Hotelaria
Feira profissional acontece até quinta-feira (12), na Fenac, em Novo Hamburgo
Sulserve inicia na próxima terça-feira (10) em Novo Hamburgo
Feira profissional dos setores de Padaria, Gastronomia e Hotelaria acontece até 12 de maio, na Fenac
Arenas do Conhecimento da Sulserve proporcionam conhecimento e networking para o setor através de atividades gratuitas
Feira profissional acontece em clima de retomada para o setor, nos pavilhões da Fenac em Novo Hamburgo
NEWSLETTER

As experiências que
acontecem na Fenac, agora,
na sua caixa de e-mail.

Cadastre seu e-mail e conecte-se com a gente.